quarta-feira, 19 de julho de 2017

PODER JUDICIÁRIO PARTICIPA DE LANÇAMENTO DO COMITÊ INTEGRADO DE PREVENÇÃO SOCIAL DA VIOLÊNCIA


Representantes do Foro participaram da reunião de formação do CIP.
Foi na tarde dessa quinta-feira (13) a reunião de lançamento do Comitê Integrado de Prevenção Social da Violência (CIP), encabeçado pela Prefeitura de Pelotas visando diminuir os índices de violência na cidade. A partir de agora, Pelotas através desse projeto,contará com dois fóruns permanentes e exclusivos para o debate de estratégias de segurança pública.
                        Presentes no encontro representando o Foro de Pelotas, estavam a Gestora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), Marília Gonçalves, e o Instrutor de Justiça Restaurativa, Henrique Alam de Mello de Souza e Silva, que participarão do CIP com o objetivo de colaborar com suas experiências de Justiça Restaurativa no âmbito escolar e dos condomínios residenciais. Também representando a Direção da Comarca, esteve a Escrivã Designada, Alexandra Bonow.
                         O CIP, como iniciativa nasce com a responsabilidade de articular, executar e avaliar as estratégias de prevenção à criminalidade. O objetivo é integrar ações das secretarias de Segurança Pública (SSP), de Educação e Desporto (Smed), de Saúde (SMS), de Assistência Social (SAS), de Cultura (Secult), de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sdet), de Planejamento e Gestão (Seplag), e o Observatório Municipal de Segurança Pública na transformação de fatores considerados de risco em medidas de proteção.

                 A prefeita Paula Mascarenhas afirmou que este será um espaço muito importante para colaborar em uma das áreas prioritárias de seu governo. “Esta é uma iniciativa inédita em Pelotas. Criamos o GGI-M da prevenção”, destacou.
                       O Comitê atuará nos mesmos moldes do GGI-M, mas focado exclusivamente na eficiência de ações preventivas. Paralelamente à estrutura municipal e todos os seus departamentos, instituições como Ciee, Sesi, Senai e Sest Senat também integram o grupo e serão essenciais para redução dos índices de vulnerabilidade social em Pelotas.

quarta-feira, 12 de julho de 2017